Cursos técnicos públicos do Québec

O Quebec, como todo o Canadá, é muito reconhecido pela qualidade da sua oferta educacional. Diversas oportunidades se apresentam para o público estrangeiro que deseja adquirir um diploma renomado e dominar um dos idiomas oficiais canadense: francês ou inglês.

Os Centres de Formation Professionnelle, espalhados pela província de Québec, oferecem D.E.P. (colegial técnico) de diversas áreas como administração, alimentação, turismo, arte, química, construção civil,  mecânica, transporte, moda, educação, saúde, etc. Esses centros de formação tem interesse em receber mais estudantes estrangeiros para que os estudantes locais tenham mais vivências interculturais e por isso, oferecem um acolhimento diferenciado para os estrangeiros.

Técnicas de usinagem

Sabia que os estudantes estrangeiros tem permissão de trabalhar no Canadá?

Hoje, as leis permitem que o estudante que não é residente permanente trabalhe até 20 horas semanais durante a formação e até 40 horas semanais nas férias. A maioria dos estudantes, tanto canadenses quanto estrangeiros, trabalham em lojas, restaurantes, academias, etc. que organizam suas agendas em função das disponibilidades de todos seus funcionários estudantes.

Casais

Para casais, o projeto fica ainda mais interessante pois o cônjuge do estudante estrangeiro pode trabalhar até 40 horas semanais durante todo o período do curso.

Após o término do curso

Após o término do curso, o estudante estrangeiro pode pedir um visto de trabalho aberto que tem a mesma duração que o curso. Por exemplo, se foi realizado um curso de 18 meses, o visto terá duração de 18 meses.

Técnicas de edificações

Pré-requisitos

Idade: ter pelo menos 18 anos ao começar o curso.

Idioma: realizar uma prova de proficiência no mesmo idioma que será realizado o curso.

  • Francês (TFI, TEF, TCF ou DELF)
  • Inglês (TOEFL ou IELTS)

Pré-requesitos escolares: dependendo do curso escolhido, os pré-requesitos escolares podem variar. Entre em contato conosco, poderemos lhe passar a informações relativa a cada curso.

Condições financeiras: é preciso demonstrar que o estudante tem condições financeiras para se sustentar por todo o período do curso e para pagar o valor do curso.

Técnicas de secretariado

Etapas do projeto: D.E.P. no Québec

É importante prever pelo menos 4 meses para completar todos os trâmites desde a escolha do curso até a obtenção do visto.

  1. Pesquisar sobre os cursos disponíveis e escolher.
  2. Verificar se atende aos critérios de admissão para estudar e trabalhar no Québec.
  3. Avaliar sua capacidade financeira (vistos, valor do curso e despesas durante o período dos estudos).
  4. Preencher o pedido de admissão.
  5. Mandar comprovação de capacidade financeira e passaporte válido.
  6. Fazer o pedido de certificado de aceitação do Québec.
  7. Fazer pedido de permissão de estudos.
  8. Preparar a chegada (abertura de conta bancária, seguro de saúde, etc.) .

As vantagens da formação técnica pública

  • Uma formação reconhecida mundialmente pela qualidade de seus programas em francês ou em inglês.
  • Programas desenvolvidos baseados nas competências exigidas no mercado de trabalho há mais de 30 anos.
  • As competências dos programas são definidas pelos futuros empregadores.
  • Métodos de ensino pragmáticos e inovadores inspirados no ensino individualizado e por módulo.
  • Infraestruturas ultramodernas e equipamentos de última geração tecnológica, usados nos trabalhos práticos dos alunos.
  • Estágios concretos e valorizantes em centros de formação ou em empresas para adquirir as competências procuradas pelos futuros empregadores.
  • Aprendizado rápido de uma profissão especializada que leva diretamente para um mercado de trabalho favorável.
  • Acesso a uma permissão de trabalho: até 20 horas semanais durante os estudos e 40 horas durante as férias e após a término do curso (o visto de trabalho após o término do curso tem a mesma duração que o curso).

Leia também esse flyer em português.

Plano de imigração para 2018

O Ministério da Imigração e da Diversidade Cultural do Québec publicou o seu plano de imigração para 2018. 2018 será um período de transição para um sistema de imigração baseado na declaração de interesse. Esse sistema permite constituir um banco de candidatos e escolher os que melhor atendem às necessidades do Québec.

As decisões em imigração foram baseadas nas seguintes orientações:

  1. estabilizar os níveis de imigração a 51 000 pessoas para aumentar levemente em 2019 (52 500 pessoas);
  2. aumentar a proporção de imigração econômica (trabalhador qualificado, investidor e autônomo) para 63%;
  3. aumentar para 40% a proporção de pessoas imigrantes com status de residente temporário ao realizar o pedido (PEQ estudo e PEQ trabalho);
  4. Receber um mínimo de 85% de adultos da sub-categoria trabalhadores qualificados que declaram conhecer o francês;
  5. Ter 70% dos candidatos selecionados com profissão de demanda;
  6. Manter a um mínimo de 65% as pessoas admitidas com menos de 35 anos;
  7. Incentivar a imigração em regiões fora dos grandes centros como Montréal e Québec.
  8. Favorecer a diversidade migratória para sustentar o dinamismo econômico do Québec assim como a vitalidade do francês;
  9. Reafirmar anualmente o engajamento humanitário do Québec pelo acolhimento de pessoas refugiadas e outras pessoas que tem necessidade de proteção internacional.

Resultados de 2017

Em 2017, o objetivo do MIDI era emitir entre 50 900 e 56 700 Certificat de Sélection du Québec (CSQ), mas só foram emitidos 46 700. Essa diferença entre o objetivo e o resultado se explica pela quantidade menor de trabalhadores qualificados aceitos no Mon Projet Québec.

É previsto que o Québec terá acolhido entre 50 700 e 53 900 pessoas imigrantes até o final de 2017. O número de pessoas que foram admitidas por um dos programas de imigração econômico deveria ser de 29 200 a 30 600.

  • Trabalhadores qualificados: entre 24 300 e 25 300 admissões (almejado 24 200 a 26 300)
  • Negócios (empreendedores, investidores e trabalhadores autônomos): entre 4 200 e 4 500 (planejado era de 3 600 a 3 900)
  • Outros: entre 700 e 800 (o plano era entre 900 e 1 100)

No setor de reunião familiar, o Québec deveria receber entre 11 900 e 12 800 (planejado: 11 400 a 11 900). No que se trata de pessoas refugiadas, o número de admissões deveria ficar entre 8 100 e 8 800 ou mais e poderia atingir até 9 500 pessoas. E o Québec deve receber mais 800-900 imigrantes provindo de outras categorias.

Na sub-categoria trabalhadores qualificados, 65% dos imigrantes recebidos declararam conhecer o francês ao entrarem no Québec em 2017. Em 8 de março de 2017, mudanças nos programas de imigração foram feitas para aumentar a proporção de francófonos a imigrarem para o Québec.

Objetivos 2017

O Québec pretende emitir entre 36 700 e 43 000 CSQ em 2018.

  • Trabalhadores qualificados: entre 26 000 e 29 000 pessoas
  • Negócios: entre 4 000 e 6 000 pessoas
  • Outros imigrantes econômicos: entre 600 e 800 pessoas
  • Refugiados selecionados no exterior: entre 5 600 e 6 500 pessoas
  • Outros imigrantes: entre 500 e 700 pessoas

Esses objetivos refletem o esforço realizado pelo ministério desde 2016 para garantir a transissão do novo sistema de imigração que o Québec está implantando. Essa quantidade foi estipulada para garantir um fluxo de admissões e leva em consideração a chegada de um número importante de refugiados selecionados no exterior.

No próprio plano publicado no site do Ministério, é possível saber a origem da imigração no Québec. Descubra aqui!

Palestra online: imigrar para o Québec

O Canadá e, mais particularmente, o Québec é um dos lugares mais abertos a imigração. Existem diversas razões para isso como o envelhecimento da população, as vantagens que o multiculturalismo traz e a falta de mão de obra em algumas áreas de trabalho (TI, diversas engenharias, enfermagem e outras áreas da saúde, administração, usinagem, mecânica industrial, etc.).

Pessoas do mundo inteiro escolhem o Québec por seu alto índice de IDH, estabilidade econômica, educação pública de qualidade e boa infraestrutura.

Em parceria com a Planet Interchange, nesta palestra serão abordados os principais programas de imigração ao Quebec, qual o ideal para cada interesse e as dúvidas mais frequentes.

* A palestra acontecerá em plataforma online. No dia do evento, todos os inscritos receberão via e-mail o link para assistir ao vivo. Inscreva-se no seguinte link.

Cégep GIM e École Québec firmam nova parceria

O Cégep de Gaspésie et des Iles – Campus de Montréal, oferece 12 cursos DEC e AEC (tecnólogos) de excelente qualidade e agora, a École Québec pode te ajudar em todos os procedimentos da escolha do curso até a inscrição.

Alguns fatos sobre o Cégep GIM

  • 12 programas oferecidos e 5 a serem lançados
  • 500 estudantes se matriculam todo ano
  • 250 se formaram em 2017
  • 100% dos estudantes são estudantes internacionais (Índia, China, Korea, Iran, Brasil, Vietnam, etc.)
  • Horários flexíveis que permitem trabalhar em tempo parcial
  • Serviços de colocação profissional gratuitos : consultoria acadêmica, redação do currículo, procura de estágio, etc.

Programas oferecidos

Programas com duração de 1 ano (2 semestres)

  • IP Networks and Telephony (AEC)
  • Financial Services and Financial Security Adviser (AEC)
  • Project Management Techniques (AEC)
  • Transport and Logistics Management (AEC)

Programas com duração de 2 anos (4 semestres)

  • Water Management Technology (AEC)
  • Early Childhood Education (AEC)
  • Mobile Application Development (AEC)
  • Computerised Financial Management (AEC)

Programas com duração de 2 anos (5 semestres)

  • Computer Science Techniques (AEC)

Programas com duração de 2 anos (6 semestres)

  • Computer Science Techniques (DEC)

Programas a serem inaugurados

  • Accounting and Management Technology (DEC)
  • Office System Technology (DEC)
  • Early Childhood Education (DEC)
  • Special Care Education (DEC)

Pode descobrir mais sobre a instituição, veja esse panfleto!

Quer obter maiores informações, marque uma orientação educacional conosco. Tem duração de 30 minutos e é gratuito.

 

Workshop online: como preparar o seu CV à la québécoise

A missão de recrutamento na América Latina está chegando. Esta initiativa da Québec International em colaboração com o Ministère de l’Immigration, de la Diversité et de l’Inclusion du Québec(MIDI) tem como objetivo facilitar a mobilidade internacional aos profissionais estrangeiros, que buscam uma oportunidade de experiência profissional na cidade de Québec e sua região metropolitana.

Este ano, as empresas da região estão à procura de trabalhadores qualificados nas áreas de tecnologia da informação, jogos virtuais e industrial, que possuem um bom domínio da língua francesa e experiência nestes setores.

Para aumentar as chances dos profissionais serem selecionados para entrevistas, a Québec International oferece um treinamento online gratuito sobre como preparar o CV à la québécoise.

O treinamento acontece no dia 29 de junho as 18h30 de Québec (19h30 do Brasil)

Para participar os interessados precisam apenas se conectar no link:

Consigo bolsa para estudar no Québec?

Com a popularidade do programa de imigração PEQ, muitos interessados nos perguntam sobre bolsas. Existem 2 tipos de bolsas que apresentaremos aqui e que estão disponíveis para os seguintes cursos: D.E.P., D.E.C. techniques, Maîtrise e Doctorat. Infelizmente, as bolsas para o Baccalauréat são praticamente inexistentes.

Bolsa de isenção

As bolsas de isenção permitem ao estudante estrangeiro efetuar um curso pelo mesmo preço que os residentes permanentes pagam, oferecendo uma economia importante. No D.E.C., por exemplo, o estrangeiro pagará R$120 000 pelo curso inteiro enquanto para o residente permanente o curso é gratuito.

Bolsas de excelência

As bolsas de excelências são oferecidas em menor quantidade e vão para os candidatos com os melhores históricos escolares e/ou com envolvimento em projetos sociais. Dependendo do curso escolhido, essas bolsas podem ser obtidas pelo mérito escolar dos estudos realizados no Brasil ou para os estudos realizados no Québec.

Como conseguir a bolsa

No Québec, não existe vestibular. As instituições de ensino têm que se basear no currículo inteiro (histórico escolar, CV, experiências de voluntariado, línguas, cartas de motivação, cartas de recomendação, etc.) do estudante para decidir se aceita ou não o candidato. Você terá que traduzir todos os comprovantes exigidos e redigir o seu currículo e cartas de motivação em francês ou inglês.

As instituições que cuidam das bolsas são as seguintes

Bolsas para o D.E.P.

Bolsas para o D.E.C.

Bolsas para a Maîtrise e o Doctorat: cada faculdade tem informação em seu site

Université Laval

Université de Sherbrooke

Université de Montréal

Université du Québec à Montréal

Université du Québec à Trois-Rivières

Université du Québec à Chicoutimi

Université du Québec en Outaouais

MIDI divulga as regras para Imigração e quantidade de vagas em 2017-2018

O Ministère de l’Immigration, de la Diversité et de l’Inclusion (MIDI) divulgou no último dia 30 de Março o número de demandas  que serão recebidas no período de 1 de Abril de 2017 até 31 de Março de 2018 para os programas de Trabalhadores Qualificados, Investidores, Empresários e Trabalhadores autônomos e também as regas que regirão as demandas de CSQ (Certificat de sélection du Québec) a partir de 1 de Abril de 2017.

Investidores

De 29 de Maio de 2017 até 23 de Fevereiro de 2018, o MIDI receberá um máximo de 1900 demandas de CSQ sob o programa de investidores. Para aplicar sob esse programa é necessário ter um património de no mínimo 1 600 000 $ CAD e estar disposto a investir 800 000 $ CAD na província do Québec nos próximos 5 anos. As demandas tem que ser entregues por correio.

Trabalhadores Autônomos e Empresários

No período de 2017-2018 não serão aceitos nenhum pedido de CSQ nos programas de Trabalhadores Autônomos e Empresários.

Trabalhadores Qualificados

O MIDI receberá 5 000 pedidos de CSQ para Trabalhadores Qualificados nesse próximo ano. Todos os pedidos devem ser feitos através do  Mon projet Québec e a data de recebimento dos pedidos será anunciada em breve.  Lembrando que os candidatos com uma oferta de emprego validada ou aqueles que participam do PEQ (Programme de l’Expérience Québécoise ) não estão incluidos nessa cota e podem submeter seus pedidos a qualquer momento. Outros residentes temporários autorizados (como estudantes internacionais que já estão na metade do curso) também podem submeter a qualquer momento.

Com esses dados, a tabela fica dessa forma:

Novas regras

O Ministério também pôs em prática as regas aprovadas em Abril de 2016 no “Estratégias de Ação sobre Imigração, Participação e Inclusão 2016-2021 – Juntos Nós Somos o Québec” (Stratégie d’action en matière d’immigration, de participation et d’inclusion 2016-2021 Ensemble, nous sommes le Québec) que põe fim ao princípio de “premier arrivé, premier servi” (primeiro a chegar – primeiro a ser atendido). Os pedidos agora serão atendidos com base na demanda do mercado de trabalho e serão processados através de uma déclaration d’intérêt.

O Ministério acredita que limitando o número de novas demandas neste ano, conseguirá processar as demandas já enviadas e assim diminuir o tempo de espera para no máximo 6 meses no período de 2018-2019.

Encontro com instituições francófonas

No dia 21 de março de 2017, a École Québec encontrou com 4 instituições de ensino francófonas, todas localizadas no Canadá. Para as instituições que não conheciam a École Québec, apresentamos os nossos cursos e serviços e explicamos o que os nossos alunos mais procuram e precisam no projeto de vida deles. E eles fizeram o mesmo. Veja quais informações recolhemos para vocês!

Fédération des Cégeps

Os Cégeps são instituições de ensino de nível superior cujo modelo só existe no Québec. Eles oferecem três tipos de diploma: DEC pré-universitaire (2 anos de preparação para a faculdade), DEC technique (3 anos de preparação para o mercado de trabalho) e AEC (1 ou 2 anos de preparação para o mercado de trabalho). Poderiamos dizer que o DEC technique é a combinação das matérias de um DEC pré-universitaire com as do AEC.

Bolsas de estudo para estudantes do DEC technique para brasileiros. Para residentes permanentes do Québec, os estudos no Cégep são gratuitos. Para estrangeiros, os preços são de aproximadamente 8000$CAN por semestre, mas existe uma bolsa de isenção de pagamento e os brasileiros são prioritários junto com chineses e mexicanos. Até hoje, 6 ex-alunos da École Québec beneficiaram da bolsa de isenção.

Sabiam que a Fédération des Cégeps estará na École Québec de São Paulo no dia 27/03? Inscreva-se pelo e-mail contato_sp@ecolequebec.com.br. A palestra será em francês.

Cégep de Jonquière

Logo couleur 300 dpiO Cégep de Jonquière fica ao norte da cidade de Québec numa região chamada Lac Saint-Jean. Conversamos com a Colette Fournier que cria DEC techniques e AEC para atender às necessidades do mercado de trabalho. Ela listou para nos as áreas de formação do Cégep de Jonquière em quais faltam alunos e cuja área tem mais demanda no mercado de trabalho: laboratório (química analítica), engenharia química, engenharia mecânica, eletrônica industrial, informática e seguros. Os AEC dessas áreas duram de 2 a 4 semestres e no final do curso, todos os formantes que desejam entegrar o mercado de trabalho conseguem emprego. Cada semestre exige um investimento de 6000$CAN a 8000 $CAN. A senhora Fournier mencionou que as competências adquiridas em alguns AEC oferecidos pelo Cégep de Jonquière estão tão em demanda que alguns formantes entram no mercado de trabalho ganhando mais de 80 000$CAN ao ano.

Após o AEC, os estudantes estrangeiros ganham um visto de trabalho aberto da mesma duração que o AEC realizado e se nesse período o estudante comprovar 12 meses de experiência de trabalho qualificado, ele poderá pedir o CSQ que dá direito a pedir a residência permanente. Como os AEC incluem um ou dois estágios, ele poderá facilmente encontrar um emprego qualificado no final do curso, principalmente se for uma área de demanda.  Infelizmente, o AEC não é aceito pelo PEQ-estudos, mas ele é mais barato  e curto que o DEC technique ou o baccalauréat.

Veja todos os AEC disponíveis no Cégep de Jonquière.

Existe também a possibilidade de realizar o DEC technique que qualifica para o PEQ e que tem programas de bolsa.

Leia também sobre o processo de admissão.

O DEC techniques e pré-universitários são listados aqui.

Université de Montréal

A Carla, embaixadora da Universidade de Montréal também estava em São Paulo essa semana para apresentar a faculdade aos interessados. Para estudantes internacionais do mestrado e doutorado, a UdM oferece bolsas de isenção em que o estudante internacional que teve um ótimo histórico escolar no bacharelado paga o mesmo preço que os residentes permanentes (aprox. 1300$ por semestre).

O site da UdM é muito completo. Encontrará nele toda a informação necessária para saber dos cursos oferecidos e descobrir como se inscrever. Lembramos que as faculdades do Québec dividem os cursos em três ciclos.

Premier cycle: Certificat e Baccalauréat

Deuxième cycle: Diplôme d’Études Supérieures Spécialisées (D.E.S.S.) e Maîtrise

Troisième cycle: Doctorat e Post-Doctorat

Université d’Ottawa

A Universidade de Ottawa é bilingue, mas somente 30% dos estudantes escolhem realizar os estudos em francês. Para incentivar mais estudantes a se formar em francês, criaram um programa de bolsa em que os estudantes do baccalauréat que realizarem os estudos em francês pagam o mesmo preço que estudantes canadenses.

O site da Université d’Ottawa também é completo. Vale a pena visita-lo!

Conseil scolaire Viamonde e Conseil des écoles publiques de l’Est de l’Ontario

Dois conselhos escolares francófonos da província de Ontario (nível primário e secundário) nos apresentaram as escolas secundárias que recebem estudantes estrangeiros por períodos de um semestre ou um ano. O Conseil de Viamonde é localizado na região de Toronto e o de l’Est de l’Ontario é localizado na região de Ottawa.

É necessário ter um nível B1 de francês para poder ser admitido. Os adolescentes estrangeiros moram em família de intercâmbio que, na grande maioria, são bilíngues permitindo ao estudante treinar os dois idiomas. Para ter uma ideia de valores, veja essa página do site do Conseil scolaire Viamonde.

Mudanças no sistema Imigração para Trabalhadores Qualificados do Québec

O Ministério da Imigração do Québec fez hoje uma mudança importante no sistema de imigração para trabalhadores qualificados (Programme régulier des travailleurs qualifiés). Para cumprir o nova lei de imigração “Estratégias de Ação sobre Imigração, Participação e Inclusão 2016-2021 – Juntos Nós Somos o Québec” (Stratégie d’action en matière d’immigration, de participation et d’inclusion 2016-2021 Ensemble, nous sommes le Québec) que diz que 85% dos imigrantes na categoria de Trabalhador Qualificado devem ter conhecimentos de francês (PDF, pág. 32) eles modificaram os pontos atribuídos a algumas áreas de treinamento e níveis de educação, bem como aumentaram os pontos necessários para obtenção do CSQ (Certificat de sélection du Québec).

As mudanças são:

  • Pontos atribuídos a algumas áreas de treinamento foram reduzidos (áreas que antes davam 16 pontos, agora apenas dão 12, e áreas de 12 pontos agora dão 9) ¹
  • Os pontos de empregabilidade e de obtenção de CSQ foram aumentados (a saber: Empregabilidade para solteiros foi de 41 para 43 e casais de 50 para 52 e de obtenção de CSQ foi de 49 para 50 – solteiros e de 57 para 59 – casais) ¹
  • Candidatos com cursos Técnicos ou Tecnólogos em áreas de demanda já não recebem mais pontos adicionais. (Anteriormente Técnicos e Tecnólogos em áreas de demanda ganhavam 10 pontos, agora são 6 e 8 pontos, respectivamente) ²

Essas mudanças se aplicam a todas as pessoas que irão enviar seus pedidos de CSQ a partir de 8 de Março de 2017, e também àqueles que já submeteram seus pedidos mas cuja avaliação preliminar ainda não começou.

Então, se você submeteu ou pretende submeter seu pedido de CSQ, faça a analise preliminar de pontuação, e comece já a fazer seu preparativo para o TCF-Q (Test de Connaissance du Français pour le Québec) ou TEF (Test d’Evaluation de Français) com a École Québec.

Planos da imigração canadense

De 2011 a 2015, o Canadá recebia em média 260 000 imigrantes por ano. O ministro da Imigração, dos Refugiados e da Cidadania, John McCallum anunciou uma previsão de 300 000 recém chegados por ano em 2016 e 2017. Na opinião do ministro, o plano de 2017 representa uma abordagem séria e responsável que leva em consideração a necessidade do Canadá de acolher mais imigrantes sem entrar em conflito com suas responsabilidades financeiras.

De 300 000 recém chegados em 2016, 40 000 serão refugiados e 84 000 terão conseguido a residência permanente pelo programa de reunião familiar.

A projeção de 2017 quer um aumento na categoria da imigração econômica passando de 160 600 em 2016 para 172 500 em 2017. Em contrapartida, o número de refugiados diminuirá de 55 800 para 40 000.

passport small

Apesar de significar um certo aumento em relação aos anos anteriores, ainda não alcança os 450 000 recomendados pelo conselho consultativo especializado em crecimento econômico.

 

Lançamento do curso Québec Online Ao Vivo

O Canadá e, mais particularmente, o Québec é um dos lugares mais abertos a imigração. Existem diversas razões para isso como o envelhecimento da população, a falta de mão de obra em algumas áreas de trabalho e as vantagens que o multiculturalismo traz.

Pessoas do mundo inteiro escolhem o Québec por seu alto índice de IDH, estabilidade econômica, educação pública de qualidade e boa infraestrutura.

Foto Flyer EQ SP

Os nossos alunos conseguem residência permanente via dois principais programas de imigração: o programa de trabalhadores qualificados do Québec e o programa da experiência quebequense. Veja nossa última palestra online sobre o assunto.

O curso online ao vivo

Durante os 10 anos de existência da École Québec, pessoas do Brasil inteiro interessados em imigrar para o Québec entraram em contato pedindo para abrirmos turmas em outras cidades. Não era possível por não encontrarmos quebequenses nestas cidades. Hoje, com as novas tecnologias, estamos prontos para montar turmas online ao vivo com professores nativos do Québec e oferecer nosso curso em qualquer canto do Brasil.

OnlineAoVivo

As aulas são iguais às aulas presenciais: mesmas atividades, mesmo cronograma, mesmas apostilas e com professores quebequenses ou brasileiros e franceses que já viveram lá. Além das aulas, cada turma tem um grupo no WhatsApp para facilitar a organização das aulas e deixar o aprendizado ainda mais dinâmico e constante.

Ao se matricular, você receberá pelo correio a apostila referente ao seu nível. No primeiro dia de aula, enviaremos o link para participar da aula. Depois disso, é só entrar, participar e se dedicar 100% para atingir o seu objetivo: falar francês para viver no Quebec!

As vantagens do curso online ao vivo

  1. Participar das aulas de qualquer lugar do mundo, no computador ou no celular.
  2. Professores do Québec ou que conhecem bem o Québec, ao vivo na sua casa ou escritório.
  3. Ter aulas ao vivo e acompanhar um grupo de pessoas que tem os mesmos objetivos promete um aumento significativo na sua motivação e assim atingir o nível necessário rapidamente.

Veja quais turmas estão abertas para inscrições em 2016:

Nível A1: Segunda e quarta das 19h30 às 22h, início em 28/11 (47,5 horas em 2,5 meses)

3 parcelas de R$538 por 3 x R$412 + *matrícula R$290 (incluindo envio do material pelo correio)

 

 

*A taxa de matrícula é uma taxa única. Não precisará pagar para os níveis seguintes.

Para maiores informações, entre em contato por e-mail contato_sp@ecolequebec.com.br, por telefone 11.5083.2860 ou WhatsApp: 11.98997.0484.

Visto de trabalho temporário – profissões com maior demanda no Québec

Já ouviu falar da lista das profissões admissíveis ao tratamento simplificado?

O Emploi-Québec em colaboração com o MIDI estabelece todo ano as profissões de demanda muito alta que podem beneficiar de um tratamento mais simples no processo de emissão de visto de trabalho. Todas as profissões que fazem parte da lista são consideradas cargos com altos salários.

Para a empresa quebequense que contrata, isso significa que não será necessário comprovar ao governo que não conseguiu encontrar um profissional com as mesmas qualificações no mercado de trabalho local o que acelera significativamente o processo.

Quais são as profissões desta lista:

  • Diretor de marketing, vendas e publicidade (0611)
  • Verificador financeiro e contador (1111)
  • Especialista de recursos humanos (1121)
  • Secretária de direção (1222)
  • Analista de recursos humanos e recrutador (1223)
  • Analista de compras (1225)
  • Tecnólogo de contabilidade (1231)
  • Secretário, exceto área jurídica e medical (1241)
  • Secretário medical (1243)
  • Engenheiro civil (2131)
  • Analista e consultor de informática (2171)
  • Engenheiro de software (2173)
  • Programador e desenvolvedor de mídias interativas (2174)
  • Desenvolvedor de sites (2175)
  • Tecnólogo de engenharia civil (2231)
  • Tecnólogo de engenharia mecânica (2232)
  • Tecnólogo de engenharia industrial e de engenharia de fabricação (2233)
  • Estimador em construção (2234)
  • Tecnólogo de engenharia eletrônica e elétrica (2241)
  • Tecnólogo em desenho (2253)
  • Tecnólogo em redes de informática (2281)
  • Analista de suporte ao usuário (2282)
  • Testador de videogame (2283)
  • Médicos especialistas (3111)
  • Médico – clínico geral (3112)
  • Farmacêutico (3131)
  • Fonoaudiólogo (3141)
  • Fisioterapeuta (3142)
  • Ergoterapeuta (3143)
  • Enfermeiro autorizado (3152)
  • Inaloterapeuta, perfusionista cardiovascular e tecnólogo cardiopulmonar (3214)
  • Tecnólogo em radiação medical (3215)
  • Higienista e terapeuta dentário (3222)
  • Auxiliar de enfermagem (3233)
  • Professor de nível superior/tecnólogo (4131)
  • Assistente social (4152)
  • Trabalhador dos serviços comunitários e sociais (4212)
  • Educador infantil (4214)
  • Educador especializado (4215)
  • Produtor, diretor técnico, criativo e artístico e administrador de projetos – efeitos visuais e videogame (5131)
  • Designer gráfico e ilustradores (5241)
  • Especialista em vendas técnicas (6221)
  • Analista de seguros (6231)
  • Chefe de cozinha (6241)
  • Cozinheiro (6242)
  • Açougue e peixeiro (6251)
  • Maquinista e verificador de usinagem e ferramentas (7231)
  • Tecnólogo em instalação e reparação de telecomunicações
  • Mecânico de obras ou industrial (7311)
  • Mecânico de equipamentos pesados (7312)
  • Mecânico técnico e reparador de automóveis, caminhões e ônibus (7321)
  • Eletromecânico (7333)

Para você entender melhor quais são as especificações e exigências de cada uma destas profissões, pode-se consultar o site IMT en ligne do Emploi-Québec. Com o número que informamos em parentese, encontrará com facilidade toda a informação necessária.

Consideramos importante informar que com uma oferta de emprego, é possível aplicar no programa de trabalhador qualificado a qualquer momento, sem ter que esperar a abertura de vagas no programa.

Sua profissão faz parte da lista, está na hora de melhorar o francês e redigir o currículo!