PEQ – Trabalhador Estrangeiro Temporário Especializado

Para os trabalhadores qualificados que tem um bom nível de francês, receber uma oferta de trabalho de uma empresa quebequense é um sonho possível. O programa de experiência quebequense é destinado aos estudantes de cursos elegíveis para o PGWP (permissão de trabalho pós-estudo) – e com frequência cursos que são não elegíveis para o PEQ estudo – e aos trabalhadores estrangeiros temporários que tem um emprego especializado e que respondem à certas exigências, das quais por exemplo ter um conhecimento intermediário/avançado da língua francesa. O PEQ não utiliza nenhum sistema de pontos e não leva em conta as características do cônjuge.

Para que o trabalhador qualificado possa submeter sua aplicação, ele precisa ter a intenção de residir no Québec, estar legalmente no Québec como trabalhar estrangeiro, ter ocupado um posto de trabalho qualificado (NOCs A, A ou B – e com as últimas mudanças anunciadas, os NOCs C e D passam a ser elegíveis também) em tempo integral (no mínimo 30 horas semanais) durante ao menos 12 dos 24 meses precedentes à demanda, demonstrar conhecimento em francês, demonstrar ser capaz de manter suas necessidades básicas por um período de 03 meses, ter no mínimo 18 anos e ser titular de um passaporte válido.

Os cônjuges que possuem permissões de trabalho abertas – atendendo às condições do programa – passam a poder aplicar sob as novas regras.

Trabalhos ocupados por candidatos que trabalham por conta ou em um empresa onde o candidato é também proprietário não são aceitos neste programa.

Para provar o conhecimento no francês, o candidato pode apresentar o resultado de um teste de francês oral (compreensão e produção oral CLB7 – B2 ou mais). Os testes aceitos são: TEFAQ, TCFQ, TEF, TEF Canadá, TCF, DELF e DALF.

Para os trabalhadores qualificados, é necessário esperar completar ao menos 12 meses de trabalho. Esses dozes meses de trabalho devem ser efetuados ao longo dos últimos 24 meses anteriores à demanda de CSQ. Além disso, no momento da demanda, o candidato deve igualmente ocupar um trabalho especializado, remunerado e a tempo integral.

O tempo de processamento  é de no mínimo 20 dias úteis, sem contar os prazos de postagem. No caso de dossiês incompletos, o MIDI envia aos candidatos uma carta apontando os documentos que não constam na aplicação e concede 60 dias para que o candidato complete seu dossiê ou o mesmo poderá ser rejeitado.

O CSQ não defere ao candidato a residência permanente. Caso o visto de trabalho temporário do trabalhador esteja perto de terminar, para poder permanecer e trabalhar no Canadá, é preciso obter um novo CAQ assim como uma nova permissão de trabalho temporário.